Alessandro Garcia © 2019. Todos os direitos reservados.

Ficção de Polpa Vol. 3

Coletânea. Contos. Não Editora. 2009. 

Conto Pelo alívio dos enfermos.

O terceiro volume da coleção Ficção de Polpa traz 22 contos inéditos, uma história em quadrinhos e o primeiro mistério de um clássico detetive do sobrenatural. 

As cartas foram fagulha inicial, é bom que se diga, falando para uma Lenara sobre coragem e fazer o que deve ser feito e não permitir que tudo se repetisse e mais uma vez fosse coisa nenhuma e que depois Ignacio tranquilo fosse aliviar-se ao sol, porque suas pústulas iriam brotar toda vez.

O que foi dito sobre.

"(...) há uma tensão latente, algo que se move matreiro sob a banalidade dos fatos, nunca vêm à tona e, ainda assim, provoca engulhos. E a síntese disto talvez esteja na frase final de Pelo alívio dos enfermos: 'Porque detrás da porta da casa dos Pessoa eu não podia enxergar'." 

LUIZ PAULO FACCIOLI, escritor e crítico literário.